Academia Cbn - Mario Sergio Cortella

Academia Cbn - Mario Sergio Cortella

Synopsis

Reflexões e provocações sobre o cotidiano e as relações humanas.

People who listen this also listen:


Episodes

  • Precisamos respeitar a fé ou a falta de fé do outro
    Precisamos respeitar a fé ou a falta de fé do outro
    Duration: 02min | 11/10/2019

    Mario Sergio Cortella, no entanto, faz um alerta em relação aos 'falsos devotos', aqueles que têm na religião apenas um modo oportunista de viver a vida. 'Alguém não é menos humano por ser devoto, mas quando falseia sua devoção', afirma o comentarista.

  • A pobreza de se acumular muito
    A pobreza de se acumular muito
    Duration: 02min | 10/10/2019

    Nesta quinta-feira, Cortella fala sobre gente que tem uma vida muito empobrecida, porque só tem bens materiais. Claro que estes bens não são descartáveis, mas não são a essência de uma vida. É necessário fazermos um alerta a nós mesmos: a posse não pode ser exclusividade ou a essencialidade.

  • Muitas vezes, o brasileiro se apequena
    Muitas vezes, o brasileiro se apequena
    Duration: 02min | 09/10/2019

    Mario Sergio Cortella comenta a imagem reduzida que o povo brasileiro tem de si mesmo. Segundo ele, essa avaliação depreciativa nem sempre corresponde à realidade, embora, em alguns momentos, o país se coloque como uma democracia menor diante do resto do mundo.

  • A necessidade de reflexão antes de reagir às informações das redes sociais
    A necessidade de reflexão antes de reagir às informações das redes sociais
    Duration: 02min | 08/10/2019

    Mario Sergio Cortella fala sobre as ideias que produzem efeito danoso quando as assimilamos. Segundo ele, com a velocidade do mundo digital, é cada vez mais necessário meditar sobre o que é divulgado na internet para não ter uma 'indigestão'.

  • Silêncio inteligente, serviço generoso
    Silêncio inteligente, serviço generoso
    Duration: 02min | 07/10/2019

    Pessoas que nos prestam o serviço de não perder tempo com manifestação esvaziada. É necessário a generosidade de poupar as pessoas de ouvir tolices.

  • Os trocadilhos que provocam reflexão
    Os trocadilhos que provocam reflexão
    Duration: 02min | 04/10/2019

    Mario Sergio Cortella diz que algumas pessoas têm a capacidade de gerar observações que acabam conduzindo nosso pensamento a uma outra direção. Ainda que seja a forma mais banal de humor, segundo o comentarista, há trocadilhos que oferecem densidade reflexiva.

  • Em um mundo de tanta perturbação, aonde estaria uma força bondosa?
    Em um mundo de tanta perturbação, aonde estaria uma força bondosa?
    Duration: 02min | 02/10/2019

    Hoje, há muita gente que, ao se referir às dificuldades do mundo, usa a expressão "Meu Deus!", independente de ter ou não uma crença religiosa. Johann Heinrich Pestalozzi uma vez escreveu: “Deus fica perto de onde as pessoas demonstram amor umas às outras”.

  • O penúltimo dos homens
    O penúltimo dos homens
    Duration: 02min | 01/10/2019

    Tem gente que se supera na tolice ou na ação ruim. Tudo aquilo que marca o campo danoso da vida coletiva.

  • Legado danoso: a herança infame
    Legado danoso: a herança infame
    Duration: 02min | 30/09/2019

    O que deixamos como resultado das nossas ações e projetos e que acabam produzindo um dano para a comunidade, faz com que haja ali uma forma negativa de presença. “A tua desonra não passa, ainda que a esqueças, enquanto os outros se lembrarem dela”.

  • Você se basta?
    Você se basta?
    Duration: 02min | 27/09/2019

    Cortella fala sobre o conceito de gesto autônomo, a suficiência própria, aquela situação em que a pessoa basta a si mesma. A criança, quando um adulto não a perturba, ela é capaz de passar horas brincando sozinha, usando apenas sua imaginação. E ela cria um mundo absolutamente encantador.

  • A etiqueta recíproca, a recusa aguardada
    A etiqueta recíproca, a recusa aguardada
    Duration: 02min | 26/09/2019

    Algo se faz uma oferta a outra pessoa sabendo que ela vai recusar, como um alimento. Aquilo que, ao ser oferecido, a expectativa é que não seja aceito.

  • Distância criativa, o afastamento necessário
    Distância criativa, o afastamento necessário
    Duration: 02min | 25/09/2019

    Não se descobre o novo sem se afastar do que está ultrapassado. Não confundir com o que é muito antigo e não ficou velho.

  • Falsidade esperada, a aparência enganosa
    Falsidade esperada, a aparência enganosa
    Duration: 02min | 24/09/2019

    Muita gente enfrenta ou despreza a Ciência porque não quer ter as crenças em mentiras confrontadas.

  • Relação interesseira, o abandono oportunista
    Relação interesseira, o abandono oportunista
    Duration: 02min | 23/09/2019

    São pessoas que simulando amizades e afetos obtêm algum favor.

  • Os lugares incômodos
    Os lugares incômodos
    Duration: 02min | 20/09/2019

    Situações que não queremos viver. Lugares que não queremos estar. Como lembra Lygia Fagundes Telles: há duas cadeiras que metem medo - a de dentista e de avião.

  • A ilusão de que o que é bom não vai acabar
    A ilusão de que o que é bom não vai acabar
    Duration: 02min | 19/09/2019

    É atitude muito usual entre nós. Temos essa percepção de que nunca vai acabar um dia. É uma sensação gostosa. Isso no campo do afeto e do amor é algo muito presente.

  • Esvaziamento potente, a presença esgotante
    Esvaziamento potente, a presença esgotante
    Duration: 02min | 18/09/2019

    Gente que nos faz mal pelo modo como fala e age. São pessoas que passam o tempo resmungando e que não são capazes de tomar ações positivas.

  • Parcimônia analítica, o pensamento lógico
    Parcimônia analítica, o pensamento lógico
    Duration: 02min | 17/09/2019

    A ciência é feita com fatos e não com opiniões. Temos alguns momentos na vida coletiva do Brasil e de outros países em que há uma desqualificação naquilo que é o trabalho da ciência.

  • Dissimulação atenta
    Dissimulação atenta
    Duration: 02min | 16/09/2019

    Fique atento às dissimulações que põem em perigo as instituições.

  • O detalhe que passa sem que se perceba....
    O detalhe que passa sem que se perceba....
    Duration: 02min | 13/09/2019

    Cortella fala, nesta sexta-feira, sobre o conceito de percepção distraída. Sabe aquele detalhe que, muitas vezes, está à nossa frente e a gente não percebe? Pois é. Trata-se da expressividade do detalhe. Por isso, dizemos tanto: 'sabe que eu não tinha notado isso?'

  • Tempos de celebridade
    Tempos de celebridade
    Duration: 02min | 12/09/2019

    Uma sociedade e um tempo onde ser celebrado é um dos modos de avaliar como é de fato. Há muita gente que só se considera alguém importante quando aparece para outras pessoas.

  • Quem dá o passo maior que a perna causa prejuízo a si e aos outros
    Quem dá o passo maior que a perna causa prejuízo a si e aos outros
    Duration: 02min | 11/09/2019

    Isso acaba nos remetendo ao território do ridículo. É preciso pensar óbvio, mas há muitas pessoas que não levam isso em conta.

  • As lições da humildade
    As lições da humildade
    Duration: 02min | 10/09/2019

    Pessoas que se sentem invulneráveis esquecem a natureza da mortalidade. Embora sejamos únicos, não somos o único. É aprender com a vida a afastar a soberba e o orgulho.

  • O perigo de falar muito e agir pouco
    O perigo de falar muito e agir pouco
    Duration: 02min | 09/09/2019

    A gente encontra na nossa vida pessoas que falam bastante, mas agem muito pouco. Isso é muito comum.

  • A marca da nacionalidade, a nossa identidade coletiva
    A marca da nacionalidade, a nossa identidade coletiva
    Duration: 02min | 06/09/2019

    Cortella fala, nesta sexta-feira, véspera do dia da Independência, do conceito de identidade múltipla. 'No passado, essa semana vinha cheia de comemorações coletivas. Hoje, há outra forma de celebrar a Semana da Pátria'. Ele lembra que a data remete à importância da convivência em grupo dentro de uma mesma nação.

  • Vamos nos falando....
    Vamos nos falando....
    Duration: 02min | 05/09/2019

    Cortella fala hoje sobre o conceito de permuta ideal, a conversa recíproca, aquela ideia do 'Vamos nos falando então'. É um jeito bem polido que usamos no Brasil para fechar uma conversa. Comentarista volta, então, aos velhos tempos em que escrever cartas era um hábito para falar das dificuldades atuais de nos comunicarmos.

  • A velocidade que a mentira tem
    A velocidade que a mentira tem
    Duration: 02min | 03/09/2019

    Fala sobre o conceito de mentira veloz, aquele ato de tentar emplacar a mentira como algo correto, seja nas redes sociais, nas conversas de corredores, no local de trabalho, nas famílias... O filósofo recorre ao texto do 'Barbeiro de Sevilha' que diz, em certo trecho: 'a calúnia é um ventinho, (...) que, insensível e sutil, (...) principia a sussurrar'.

  • Um mundo cheio de gente vazia
    Um mundo cheio de gente vazia
    Duration: 02min | 02/09/2019

    Hoje é dia de falar do conceito de densidade ausente, a leveza aparente, o que aparenta ser, mas não é. Muitas vezes, aparentamos aquilo que não é exatamente daquele jeito. Vale, então, pensar no conceito de um jornalista peruano que fala um 'mundo cheio de gente vazia' de propósito, de afeto.

  • Uma dose de saudosismo e a saída pela sustentabilidade
    Uma dose de saudosismo e a saída pela sustentabilidade
    Duration: 02min | 30/08/2019

    Cortella trata hoje do tema da proteção ecológica, que está na ordem do dia após os incêndios na região Amazônica. Ele lembra que muitas cidades já estão tomando medidas de sustentabilidade, como trocar o asfalto por produtos que absorvem as chuvas, como os paralelepípedos. Outra boa medida é o investimento em carros elétricos para diminuir o uso de combustível fóssil. Como o velho e saudoso bonde que circulava pelas grandes cidades do país.

  • Ação arriscada, quando a brincadeira pode terminar mal
    Ação arriscada, quando a brincadeira pode terminar mal
    Duration: 02min | 29/08/2019

    Cortella fala sobre o conceito de ação arriscada, aquele perigo lúdico, que, na infância era comum. Muita gente lembra da chamada 'brincadeira de mão'. Vale lembrar do conceito de escritor gaúcho que dizia: 'quando dois brincam de mão, o diabo cospe vermelho'. Ou seja, a brincadeira pode terminar em machucado.

Informações: